Para Ter Maior Sucesso Profissional:

Como Fazer Curriculum Vitae


Se está à procura de emprego, então aprender como fazer um Curriculum Vitae é muito importante para que você demonstre todo o seu potencial a um eventual empregador, ainda antes de ter a oportunidade de estar numa entrevista e aí explicar melhor porque deve ser contratado.

O que é um Curriculum Vitae

A palavra Curriculum Vitae vem do Latim e significa história de vida e como o nome indica é para colocar a história da sua vida profissional e alguns factos relevantes da sua vida pessoal.

Modelos

Existem vários modelos de Curriculum Vitae disponíveis, inclusivamente existe há alguns anos o Curriculum Vitae Europeu, para uniformizar este documento em todos os países pertencentes à União Europeia. No entanto, os princípios do que deve colocar quando está a fazer um Curriculum Vitae são iguais em todos os modelos.

Como fazer um CV útil

Um Curriculum Vitae é simplesmente um anúncio para vender os seus serviços no mercado e serve para mostrar porque é que é melhor que os outros candidatos que competem consigo.

Devemos enviar um Curriculum Vitae sempre que queremos concorrer a uma vaga numa empresa directamente ou então para enviar para empresas de recrutamento on-line ou empresas de recrutamento tradicionais.

O principal objectivo do Curriculum Vitae é impressionar quem o lê, o suficiente para que consiga uma entrevista presencial, que é um tópico e tem uma preparação diferente.

Como fazer um CV académico

Se ainda está a estudar e não tem qualquer experiência de emprego, procure no seu estabelecimento de ensino, ajuda para preencher o seu. Eles deverão ter as habilitações fundamentais do que aprendeu enquanto lá estudou, no entanto é preciso garantir que não vai copiar textualmente o que aparece nesses documentos, porque isso é o que farão quase todos e ninguém gosta de ver dezenas de Curriculum Vitae iguais quando estão a entrevistar candidatos para a sua empresa.

O que fazer antes

Antes de começar a escrever o que quer que seja, analise os empregos a que pretende concorrer e compare os seus conhecimentos com os conhecimentos que são pretendidos pela empresa. Se estiver mesmo interessado numa determinada vaga, ligue para lá e peça mais informações sobre o que se pretende do novo colaborador. As empresas maiores têm ‘job descriptions' que detalham exactamente o que é pretendido de cada função dentro da organização. Só assim saberá se tem as qualificações necessárias para o cargo, bem como saber se é o tipo de emprego que pretende para si.

O que colocar no Curriculum Vitae

Informações Pessoais

Deve incluir os dados pessoais relevantes: nome, morada, contactos e data de nascimento.

Educação Académica

Coloque os locais onde estudou, começando pelos mais recentes, ou seja, a sua escola básica deverá ser a última linha. Detalhe a sua educação mais recente e resuma a educação mais antiga, já que esta não é muito relevante para uma função profissional.
Nesta secção deverá também incluir todos os cursos e formações que tenham contribuído para a sua educação académica.

Experiência Profissional

Aqui também deverá colocar as suas experiências mais recentes em primeiro lugar. Os dados importantes nesta informação são:
  • Nome da empresa
  • Cargo que ocupava
  • E o mais importante, quais os seus sucessos na empresa

Actividades Pessoais

Cada vez mais as empresas olham para esta área do Curriculum Vitae porque querem ter pessoas que sejam sociáveis, que demonstrem empenhamento, responsabilidade e capacidades de liderança. Por isso coloque aqui essas actividades, se as praticar na sua vida pessoal.
Interesses mais pessoais, como colecção de peixes de água doce e derivados, já não terão tanto interesse para a pessoa que está a ler o documento.

Outras competências

Para fazer um Curriculum Vitae completo deve incluir todas as informações que podem ser relevantes para um emprego e não mais do que isso. Por isso, nesta área deverá colocar competências como:
  • Carta de condução
  • Conhecimentos de outras línguas
  • Conhecimentos informáticos

Referências

Se tiver feito um bom trabalho nas empresas por onde passou, coloque aqui os contactos de pessoas que trabalhem lá (preferencialmente seus antigos chefes) para que possam dar a opinião deles acerca do seu desempenho enquanto colaborador.
Se quiser, pode também colocar o contacto de algum professor que possa também referenciá-lo positivamente.

Tipos de Curriculum Vitae

Existem dois tipos de Curriculum Vitae, com algumas diferenças entre eles.

Cronológico

Quando está a fazer este Curriculum Vitae, dentro de cada área incluem-se os eventos cronologicamente, com os mais recentes inicialmente.

Funcional

Neste modelo, analisa-se as qualificações necessárias para o emprego e constrói-se o documento dividido por áreas funcionais que se apliquem à vaga a que se candidata.
Este modelo dá mais trabalho porque é necessário adaptar a cada vaga, no entanto é mais eficaz porque tenta responder às necessidades directas das empresas.
Em termos de formação do Curriculum Vitae, bem como fazer uma carta de apresentação para acompanhar.

3 comentários:

  1. eu não sabia da carta de apresentação.
    também estou fazendo um novo curriculum vitae com
    suas dicas.
    muito obrigada.

    ResponderEliminar

O Próximo Passo: